Cultura do "não se discute"!

Não sei explicar minha reação quando alguém diz que política, religião e futebol não se discute.

“Albert, política não se discute”
Resultado: Políticos roubando desenfreadamente, analfabetismo político, zona de conforto cega e estagnação social.

“Albert, religião não se discute”
Resultado: Pastores, bispos, apóstolos e falsos profetas se aproveitando da fé alheia para enriquecer, onde existe uma viseira doutrinadora que impede as pessoas de enxergarem o óbvio, uma religião milenar que matou milhões de pessoas diretamente e hoje mata milhares indiretamente.

“Albert, futebol não se discute”
Resultado: CBF e FIFA um dos maiores cartéis criminosos do mundo, onde volta e meia sua cúpula é indiciada por algum crime.

Essa cultura do “deixa pra lá”, “está bom assim”, “depois melhora”, “odeio política”, “política não se discute”, “religião é sagrada”, é tão prejudicial que nos torna culpados e reflexo do que acontece nas instituições. Quando abrimos mão do direito de opinar, criticar e analisar o que vem sendo feito seja isso adequado ou não, deixamos de avançar e construir algo que seja favorável a nossa sociedade.

Antes que apareça alguém com dez pedras na mão, pois leu rapidamente e não teve uma visão critica para observar o que foi dito, não digo que todos os políticos são corruptos, não digo que todos os lideres religiosos são corruptos, não digo que todas as instituições de futebol são corruptas (essa ultima fiquei em duvida, mas não podemos generalizar).

 Texto elaborado por: Albert Ferreira  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s